sexta-feira, 5 de junho de 2009

Túnel do Tempo: Guerra dos Sexos

foto montagem elenco da comunidade Guerra dos Sexos Media ShareAmanhã fazem 26 anos da novela mais revolucionária de todos os tempos. Guerra dos Sexos, estreou no dia 6 de junho de 1983, ficando no ar até o dia 7 de janeiro de 1984, mudando completamente o conceito de novelas no horário das 19 horas. Com um humor escrachado, Sílvio de Abreu e Jorge Fernando trouxeram a história de uma aposta maluca entre dois primos que se odiavam. Charlô e Otávio, vividos por Fernanda Montenegro e Paulo Autran, herdaram toda a fortuna de um tio rico, com um único problema, nenhum dos dois podia se desfazer de sua parte, vendendo para outra pessoa. Assim, ambos tinham que dividir a mesma mansão e a diretoria de uma rede de lojas de departamento, as lojas Charlô´s.

O problema é que os dois se odiavam, por causa de um amor mal resolvido no passado, e viviam fazendo pequenas guerras por qualquer motivo. Até que eles têm uma idéia muito louca, uma aposta de 100 dias. Durante esse período as mulheres comandadas por Charlô iriam administrar sozinhas a loja de São Paulo, tendo que aumentar o faturamento em 10%. Caso elas conseguissem, Charlô ficava com tudo e Otávio tinha que admitir a competência das mulheres. Caso não conseguissem, Otávio ficava com tudo.

Mário Gomes e Maitê Proença guerra dos sexosSempre lembrada pela já mítica cena de guerra de comida no café da manhã entre os dois primos, Guerra dos Sexos era muito mais do que isso. Era pautada na irreverência, no humor inteligente, nas disputas entre homens e mulheres. E claro, no romance. Já falei aqui do romance de Nando e Juliana, que era o ponto mais bonito da novela, com cenas inesquecíveis como a conversa na cabana, a noite na Ceasa ou o baile a fantasia. Tinha também a luta de Ulisses, vivido por José Mayer, que tinha o sonho de ser boxer, mas trabalhava como carregador nas lojas. Tinha ainda Lucélia Santos, como a vilã Carolina que aprontou muitas falcatruas na tentativa de enriquecer. Enfim, era uma novela com todos os ingredientes.

Fernanda Montenegro e Paulo Autran guerra dos SexosO elenco era tão fenomenal que nem precisa falar muito, basta ver a lista abaixo para entender. Mas, Guerra contou ainda com participações mais do que ilustres, como Eva Wilma, Aracy Balabanian, Suzana Vieira, Irene Ravache e Renée de Vielmond na pele das ex-mulheres de Felipe, vivido por Tarcísio Meira. E Renata Sorrah, Regina Duarte e Suely Franco como as mulheres do Bigode Preto.

As grandes inovações da novela foram, em primeiro lugar, o humor. Hoje parece lugar comum dizer que novela das 19hs tem humor escrachado, mas na época foi bastante inovador. Basta olhar a corrida do Diamante para entender o que estou dizendo. Outra novidade foi a evidência da beleza masculina. Algo também bem comum no horário, nos dias de hoje, porém que antes era um verdadeiro tabu. A novela explorou bem os músculos de Mário Gomes como o motorista Nando, em várias cenas sem camisa, com um tatuagem que virou mania nacional. A novela inovou também, separando o casal Tarcísio e Glória, que não ficaram juntos no final da novela.
Mário Gomes guerra dos sexosFoi uma novela como poucas, nunca reprisada no Vale a Pena Ver de Novo, passou novamente em 1989, no horário das 17hs, na antiga Sessão Aventura. A net foi invadida recentemente pela novela através de fãs da trama. No youtube é possível encontrar muitas cenas e tem até como baixar os capítulos em alguns sites e no orkut. Quem quiser correr atrás, é só procurar. Vejam e comprovem que não é apenas um chavão, não se fazem mais novelas como antigamente.

Elenco
* Fernanda Montenegro - Charlotte de Alcântara Pereira Barreto (Charlô)
* Paulo Autran - Otávio de Alcântara Rodrigues e Silva (Bimbo)
* Lucélia Santos - Carolina
* Tarcísio Meira - Felipe de Alcântara Pereira Barreto
* Glória Menezes - Roberta Leone
* Mário Gomes - Nando (Orlando Cardoso)
* Maitê Proença - Juliana de Alcântara Pereira Barreto
* Maria Zilda - Vânia Trabucco
* Yara Amaral - Nieta
* Ary Fontoura - Dinorá (Dino)
* José Mayer - Ulisses da Silva
* Herson Capri - Fábio Marino
* Edson Celulari - Zenon da Silva
* Cristina Pereira - Frô (Afrodite da Silva)
* Marilu Bueno - Olívia
* Diogo Vilela - Kico
* Ângela Figueiredo - Analu
* Paulo César Grande - Ronaldo
* Ada Chaseliov - Manuela
* Sônia Clara - Verusca
* Hélio Souto - Nenê Gomalina
* Helena Ramos - Lucilene
* Terezinha Sodré - Leda
* Wilson Grey - Ismael
* Leina Krespi - Semíramis da Silva
* Tatiana Issa - Cissa
* Fernando José - Montanha Duncrezio
* Lys Beltrão - Dalete
* Beth Waimberg - Divina
* Kika Borja - Heleninha
* Jayme Periard - funcionário da Charlô's
* Carlos Zara - Vitório Leone

Um comentário:

Robin disse...

É, o tempo passa, o tempo voa, mas a gente não esquece as coisas boas da vida. Uma das novelas mais marcantes da televisão brasileira, sem dúvidas. Saudades.